Blog

#nosindicamos

Vamos fazer uma série de posts indicando ações e profissionais que conhecemos o trabalho e que merecem ser apoiados e seguirem trabalhando nesse momento. Começaremos pela ação do @instituto.alinha que está fazendo uma Vaquinha para ajudar costureiros que estão sendo afetados nesse momento.
.
#Repost @instituto.alinha with @make_repost
・・・
Leiam com atenção: esse texto é para costureiras, costureiros, donas e donos de marcas de moda, doadoras e doadores.
.
Assim que a pandemia de Covid-19 começou, percebemos a drástica redução de pedidos às oficinas que recebem nossa assessoria. Consequentemente, a renda das famílias que dependem desses pedidos estagnou.
.
Essa renda não depende diretamente da Alinha, já que nossa missão é ajudar essas empreendedoras e empreendedores a implementarem melhorias em suas oficinas e, ao cumprirem requisitos mínimos da nossa avaliação (como regularização, saúde e segurança no trabalho), elas se tornam Alinhadas. Só então nós as conectamos às marcas que irão garantir respeito ao preço justo da costura. .
Ainda assim, temos consciência da imensa responsabilidade que temos com as famílias que tocam essas oficinas: é por confiarem no nosso trabalho que elas se dedicam às melhorias que indicamos com a nossa assessoria e investem, com dinheiro do próprio bolso, nas transformações necessárias para se tornarem Alinhadas antes mesmo de receberem o primeiro pedido de uma marca conectada pela Alinha.
.
Assim que percebemos os impactos diretos da crise atual às oficinas que recebem nossa assessoria, começamos, imediatamente, a pensar no que poderíamos fazer para ajudar essas famílias. Foi então que surgiu a ideia da Vakinha: sem poder garantir que as 21 famílias continuassem recebendo pedidos, ainda poderíamos contar com a solidariedade da nossa rede de seguidores e apoiadores pelas redes sociais.
.
Calculamos o mínimo para ajudar essas pessoas a terem comida na mesa por 4 meses e estamos perto de bater nossa meta graças a ajuda de tantas pessoas incríveis. 💚